Após ser cancelada, Audiência Pública para falar sobre situação da água em São José tem nova data

Após ser adiada em atenção a um ofício encaminhado pelo prefeito Gilberto Esteves, no fim da tarde do último dia 4, na véspera da data inicialmente agendada para acontecer, a Audiência Pública dos Serviços e Abastecimento de Água no Município foi reagendada para a próxima terça-feira dia 12, às 19 no Plenário da Sede do Legislativo.

Durante a Audiência Pública serão abordados temas ligados aos serviços de tratamento, cobranças de taxas e o abastecimento de água no Município, que desde o último dia 1º de fevereiro vem sendo promovido de forma terceirizada pela empresa permissionária desses serviços.

Além dos vereadores participarão da reunião a secretária municipal de Meio Ambiente, Eluá Nogueira Andrade; o Dr. Alexandre Quintella, procurador geral do Município; bem como Ledinho dos Santos, diretor do DAES; e os responsáveis pela PRODUSA Ltda EPP – empresa permissionária para prestação de serviços públicos de abastecimento de água na área urbana do Município.

Na justificativa do pedido de adiamento o prefeito Gilberto Esteves informou que a titular da Secretaria de Meio Ambiente não poderia estar presente em razão de uma intervenção cirúrgica do seu cônjuge, em um hospital fora do Município.

O presidente do Legislativo, vereador Francisco Bulhões, afirmou que foi uma surpresa o prefeito ter cancelado a Audiência, uma vez que já estava marcada uns 20 dias antes. Bulhões disse que mesmo que a secretária de Meio Ambiente não pudesse estar presente na primeira data, a audiência poderia ter sido feita na primeira data, uma vez que outros envolvidos iriam esclarecer muitas informações à população, podendo até mesmo o próprio prefeito representar a secretária de Meio Ambiente.

Francisco Bulhões espera que nessa nova data, os esclarecimentos possam ser feitos. Como a legalidade do decreto que permitiu a empresa Produsa a estar sendo responsável pelo serviço terceirizado, como tantas outras indagações que a população tem levantado nesses dias.

Fonte: Com informações do Jornal A Folha de São José
(Imagem: Reprodução)

Anúncios