Detran do Rio de Janeiro não vai mais poder rebocar carros em blitz

O Detran do Rio de Janeiro vai seguir a lei que proíbe que os motoristas flagrados com algumas irregularidades nos veículos em blitz do órgão tenham seus carros rebocados.

As novas regras já estão em vigor. O texto diz que caso a infração de trânsito não tenha a possibilidade de ser solucionada no momento e no local da blitz, os agentes do Detran deverão apenas notificar o motorista e conceder um prazo de sete dias para a regularização. Marcelo Bertolucci, vice-presidente do departamento, lembra que nem todas as irregularidades entram nas novas regras.

Em caso de não comparecimento do condutor a algum posto do órgão, após o prazo de uma semana, as infrações serão automaticamente validadas no sistema, e o veículo será proibido de circular. Apesar do vice-presidente afirmar que vai seguir a lei, Bertolucci fala que algumas situações apresentam insegurança para a população.

Para Leonan Hermínio, que é motorista de transporte por aplicativo, as mudanças vão beneficiar os trabalhadores. A lei número 8.427 é de autoria dos deputados Luiz Paulo, Fabio Silva e Subtenente Bernardo.

Fonte: BandeNews FM

Anúncios