Ação integrada das polícias Civil e Militar prende criminosos acusados de envolvimento com roubo de veículos e de carga

Dezesseis pessoas foram presas e duas apreendidas durante operação conjunta entre as polícias Civil e Militar realizada nesta terça-feira (9), em Belford Roxo. A ação buscava traficantes de drogas que forneciam armas de fogo para a prática de roubo de veículos e de cargas na região e em outros municípios da Baixada Fluminense.

Agentes da Civil atuaram na Favela Gogó da Ema e da Polícia Militar, na Favela da Guacha. De acordo com os órgãos, a ação tentava cumprir 20 mandados de prisão expedidos pela Justiça após inquéritos que investigam o grupo há cinco meses.

Os traficantes das duas comunidades roubavam os veículos e pediam resgate para as vítimas e para as cooperativas de seguros de automóveis. O delegado Mauro César, conta que o traficante Luís Fernando Gomes, conhecido como Tiroteio, foi preso. No entanto, o outro criminoso – líder da organização criminosa – segue foragido.

Os agentes também investigam homicídios realizados em Belford Roxo. Há a possibilidade de que as mortes foram motivadas por divergências entre os membros da mesma facção. Os presos vão responder pelos crimes de roubo de veículo, roubo de cargas, tráfico e associação para o tráfico de drogas e organização criminosa.

No início do mês foi divulgado que os roubos de veículos e cargas apresentaram redução no primeiro semestre de 2019, no Rio de Janeiro.

Segundo dados do Instituto de Segurança Pública do estado, entre janeiro e junho deste ano, 21.520 veículos foram roubados em todo o estado, 24% a menos do que o registrado no mesmo período do ano passado. Já em relação aos roubos de carga a queda foi de 20%.

Fonte: BandNews FM