Homem com queimaduras graves morre em Teresópolis, antes de conseguir vaga em hospital especializado

Um homem que teve 80% do corpo queimado após um incêndio em casa, morreu na manhã desta quinta-feira (11), no Hospital das Clínicas de Teresópolis (HCT), na Região Serrana do Rio.

Segundo o HCT, ele estava desde segunda-feira (8) aguardando transferência pela Central de Regulação do Estado (CER) para uma unidade especializada em atendimento de pessoas com queimaduras, mas não resistiu aos ferimentos.

O hospital informou que a vítima teve um quadro de “choque distributivo” e morreu antes de o Estado disponibilizar a transferência.

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde confirmou que o paciente foi inserido no sistema de regulação na segunda e informou que a Central pediu informações complementares ao HCT. Não foram divulgadas quais seriam essas informações.

A equipe de reportagem também tentou contato com o HCT para saber se as informações foram repassadas ao Estado e se a unidade informou sobre a gravidade do estado de saúde da vítima à Central de Regulação.

Até a publicação desta nota, não houve resposta da Polícia Civil para saber se as causas do incêndio foram identificadas.

Fonte: G1

Anúncios