PM apreende arma, tablete de maconha, R$800 reais e frentes de rádio em São José

Uma operação da guarnição de plantão no DPO da 2ª CIA da Polícia Militar de São José do Vale do Rio Preto, resultou na apreensão de três sacolés de maconha, um aparelho celular, um revólver calibre 32 da marca Taurus com a numeração raspada, duas munições calibre 32 intactas dentro do revólver, um tablete de maconha com aproximadamente 200 gramas, a quantia de R$894 reais em espécie, uma parte de coronha de revólver calibre 38, seis estojos de munição calibre 22, três estojos de munição calibre 40, três estojos de munição calibre 38, um estojo de munição calibre 7,62, um estojo de munição de calibre 32, dezoito frentes de rádio automotivo, vinte quatro pinos para endolação de cocaína, alem de sete CRLVs – Certificados de registro e licenciamento de veículo.

A ocorrência foi registrada nesta terça-feira dia 17, na Estrada Silveira da Motta, Km 24, no bairro de Águas Claras.

Segundo a PM, após levantamento de várias informações, que foram passadas por colaboradores, apontando que um jovem já conhecido pelo tráfico continuava praticando o crime na região, a guarnição montou campana na Rua da Floresta, região central da cidade, afim de observar a movimentação suspeita.

Os policiais avistaram um jovem saindo de sua residência, seguindo a pé, indo ao encontro do segundo elemento que já fora preso por tráfico, que estava na ponte de Águas Claras, cerca de uns 30 metros da casa. Ao perceber uma movimentação típica do tráfico de drogas, onde o já conhecido pela venda de drogas recebeu uma quantia em dinheiro, entregando ao outro jovem algo não identificado no momento. O comprador deixou o local seguindo de volta para sua casa, quando a guarnição se aproximou e o mesmo atirou algo no rio. Ao ser abordado, ele disse que era maconha comprada por R$50 reais, e que havia jogado a droga fora para livrar-se do flagrante. O Soldado Salema conseguiu recuperar três sacolés de maconha que haviam sido jogados no rio.

A outra parte da guarnição, seguiu em abordar o acusado pela venda do entorpecente, quando já próximo de sua residência, fizeram uma revista na casa do acusado, tendo sido franqueada a entrada dos policiais pela avó do elemento. No imóvel, os oficiais lograram êxito em encontrar todo o material restante citado.

Diante dos fatos, após apresentarem a ocorrência na 104ª DP, o flagrante foi direcionado par a 110ª DP de Teresópolis, onde o acusado pela venda da droga foi preso em flagrante por vários crimes, como tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e posse ilegal de munição também de uso restrito. Já o acusado de ter adquirido a droga, foi enquadrado no crime de posse e uso de material entorpecente.

Após levantamento das informações, foi constatado que esse jovem acusado de ser usuário de drogas, já tinha passagem pelo mesmo crime. E o outro acusado que ficou preso, já tinha três passagens por tráfico de drogas, sete por posse e uso de entorpecentes, duas por furtos e uma por pensão alimentícia.

Os fatos foram registrados sob o boletim n° 3045416 e a ocorrência n° 110-04964/2019.

Anúncios