Confira os eleitos para o Conselho Tutelar de São José; ao todo foram 2.604 eleitores

Foram eleitos neste domingo dia 06, os 5 titulares e 5 suplentes ao Conselho Tutelar de São José do vale do Rio Preto.

O mandato dos novos eleitos será correspondente ao quadriênio 2020/2024.

Foram eleitos por ordem de mais votados os seguintes candidatos:

  • Jussara Barbosa – 327 votos (Titular)
  • Luis da Vitoluz – 327 votos (Titular)
  • Pastor Ricardo Toledo – 316 votos (Titular)
  • Chiquinho Fraga – 284 votos (Titular)
  • Joana Paula – 231 votos (Titular)
  • Pastora Daniele – 186 votos (Suplente)
  • Rogério Fumaça – 169 votos (Suplente)
  • Luis Felipe Dias – 164 votos (Suplente)
  • Celma do Limongi – 148 votos (Suplente)
  • Ilana Esteves – 121 votos (Suplente)
  • Juliana Rodrigues Cardoso – 79 votos
  • Victor Fonseca Caldeira – 64 votos
  • Fernanda Bulhões Guerra – 62 votos
  • Alessandra Pereira – 60 votos
  • Virgínia Aparecida Viana Esteves – 41 votos
  • Deivi Fabrício – 19 votos

Mesmo não sendo obrigatório, um bom número de eleitores participou do pleito. Porém, houve reclamação tempo de espera nas filas, por conta do voto ser feito em papel. Entendimento este, da justiça eleitoral. Pela regra estabelecida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio, a urna eletrônica foi utilizada somente nos municípios com mais de 200 mil eleitores. Nas demais cidades, incluindo São José, a votação foi manual, com a utilização de urnas de lona. O que acabou causado bastante insatisfação e desânimo nos eleitores. Mesmo após os portões fechados, ainda tinha um bom número de eleitores aguardando nas filas para votarem. Só foi possível declarar encerrada a eleição, após às 20h.

Foram 2.598 votos válidos, 5 nulos e 1 em branco. Totalizando 2.604 eleitores presentes nas urnas.

A Promotora Drª Ana Beatriz, que acompanhou todo o processo eleitoral para eleger os conselheiros, destacou a importância do trabalho desenvolvido pelos membros do conselho. Além de parabenizar a população vale riopretana pelo número expressivo de eleitores presentes no pleito. Segundo a promotora, em 15 anos exercendo sua função na cidade, ela não tinha visto ainda um público tão grande nas eleições para o conselho tutelar. Além disso, a promotora falou sobre as competências dos membros do conselho, na promoção, assistência e orientação às crianças e adolescentes até os 12 anos de idade.

Colaborou nesta cobertura jornalística, Ivanete Fonseca.

Anúncios