Suspeitos de torturar adolescente e filmar o crime em Nova Friburgo, são condenados a 14 anos de prisão

Um grupo foi condenado a 14 anos de prisão nesta segunda-feira (21) pelo crime de tortura a uma adolescente, ocorrida em fevereiro de 2017. O crime aconteceu no bairro Alto da Olaria, em Nova Friburgo, e foi filmado pelos próprios homens e publicado em redes sociais.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), os condenados são traficantes de drogas e pertencem a uma organização criminosa.

Ainda de acordo com o TJRJ, Maicon Ribeiro Cordeiro foi condenado a 14 anos de reclusão e Guilherme Pitta Torres, Rodrigo da Silva Bandeira e Livaldo José da Silva a 14 anos e oito meses de reclusão.

Apesar de já estar preso na época, Livaldo foi considerado pela Justiça como mandante do crime, por liderar o tráfico de drogas em Nova Friburgo e região.

Na sentença, o juiz Marcelo Villas, da 2ª Vara Criminal de Nova Friburgo, afirmou que, de acordo com a acusação, a sessão de tortura teria sido cometida porque a vítima, que sobreviveu às agressões, devia dinheiro à organização criminosa.

Fonte: G1