Projeto voluntário de alfabetização “Nunca é Tarde’ vem sendo destaque em São José

O Projeto de alfabetização ‘Nunca é Tarde’, desenvolvido pelo estudante de pedagogia Paulo Henrique Oliveira, vem ganhando destaque no município de São José do Vale do Rio Preto, com o trabalho voluntário de aulas gratuitas para alfabetização de jovens e adultos que tenham interesse em ler e escrever.

O projeto foi iniciado em março de 2019, e atualmente as aulas são ministradas no tempo da Igreja Cristã Renovada em Camboatá.

Segundo o jovem Paulo Henrique, após notar um grande número de analfabetos na cidade, a sua finalidade foi desenvolver o projeto de aprendizagem voluntária para ajudar os interessados em aprender a ler e escrever. O projeto conta com cinco alunos, e está aberto à todos que tenham interesse de aperfeiçoar ou até mesmo aprender a ler e escrever.

Paulo Henrique iniciou o projeto quando estava no 1º período de pedagogia, hoje ele está cursando o 4º período na Faculdade Unopar em Teresópolis. A expectativa do jovem voluntário é que o projeto avance cada vez mais para ouros bairros e que futuramente se torne uma ONG – Organização Não Governamental, já que não recebe nenhum incentivo público. Paulo Henrique cita que a única ajuda que recebe é a da disponibilização do espaço para as aulas, através da Igreja Cristã Renovada de Camboatá.

Os interessados em participar das aulas podem comparecer diretamente na sede da igreja, à Estrada Silveira da Motta, bairro do Camboatá, todas às terças e quintas-feiras, de 18h30 às 20h. Outras informações e inscrições também podem ser solicitadas pela página no facebook, através do link https://www.facebook.com/Projeto-Nunca-é-Tarde-112635486835902/.

Avanços do Projeto ‘Nunca é Tarde’
O projeto deve se estender até os bairros do Roçadinho e Glória, após muitos pedidos. Segundo Paulo Henrique, para que as aulas possam ser ministradas nos bairros interessados, é necessário que haja a disponibilização de espaço, de forma gratuita, e que tenham no mínimo três alunos para início das turmas.

Para início das aulas nestas duas novas localidades, Roçadinho e Glória, ainda resta conseguir a disponibilidade do local. Interessados em colaborar podem entrar em contato pela página no Facebook.