São José: Projeto Guardiões da Estação poderá recriar extinta praça e centro de informações

Na última terça-feira, dia 04 de fevereiro, às 17h, os moradores e empresários do bairro da Estação, em São José do Vale do Rio Preto, reuniram-se na Sala do Empreendedor Vale Riopretano, para conhecerem o Projeto Guardiões da Estação, apresentado pela Secretária Municipal de Agricultura, Abastecimento, Pesca, Indústria, Comércio e Expansão Econômica, Juliana Virgínio. O projeto tem como principal objetivo tornar o bairro um local mais agradável, arborizado e ordenado, transformando-o em ponto de encontro, seguro e harmonioso para os munícipes.

No evento estiveram presentes além da Secretária Juliana, o estagiário da Sala do Empreendedor, Juliano Velasco, os empresários Carlos Cariús, Vanessa Quintas, Bruno Rezende, Elisângela Laurindo, Manoel Luis Virgínio, Amanda Quintas, Cláudia Rezende, Ilda Morelli, Rosemar Oliveira.

As demandas mais recorrentes, ficou por conta da ausência de estacionamento e a pouca, ou quase nenhuma, arborização do local, o que, segundo os presentes, dificulta a expansão do comércio, pela insatisfação que isso ocasiona aos clientes.

A maioria recordou o quanto era especial a pracinha que havia na localidade, utilizada para encontros, descanso e observação dos peixes, que habitavam no pequeno lago ali existente.

Foi proposto pela comunidade, a retomada pelo município, do espaço cedido à Concessionária Enel, uma vez que, atualmente, a empresa está instalada em outra área. Foi sugerido para o local, a implantação de um Centro de Informações Turísticas ou Centro Histórico do Município, além do resgate da saudosa praça, para utilização pelas crianças e como espaço para prática de exercícios.

Os presentes foram até o local observar o que pode ser feito em conjunto e foi percebido que é possível fazer um belo trabalho de jardinagem, pode ser plantada grama-amendoim, além de árvores compatíveis com o Centro da cidade, respeitando-se a rede de energia elétrica existente. Para os bancos da Estação planejou-se realizar um dia especial para que as crianças acompanhadas pelos responsáveis e orientadas pelos artistas vale riopretanos possam pintá-los, deixando o espaço colorido e convidativo.

Foi sugerido que onde no passado haviam grandes árvores, que foram cortadas, e que permaneceram os troncos enraizados, que seja feito o aproveitamento dos mesmos, por constituírem patrimônio da localidade, transformando-os em estruturas para apoiarem o plantio de outras espécies de plantas (como orquídeas e suculentas).

Espera-se que com a adesão da comunidade, o Projeto Guardiões da Estação, seja menos vulnerável e tenha apoio das famílias e dos passantes. Todos poderão colaborar com o Projeto, seja na doação de mudas, no plantio e nos cuidados, como por exemplo na irrigação.

O Projeto busca alcançar também a área da “Matinha” e as proximidades da Ponte Preta, que são áreas importantes, históricas e marcos da cidade.

Os idealizadores esperam que este seja o início de um grande projeto, em prol de uma cidade melhor, e que as sementes lançadas na Estação, sejam acolhidas no coração de cada habitante, proporcionando uma melhoria no ambiente e na qualidade de vida de todos nós.

Com informações da Diretoria de Comunicação da Prefeitura de São José do Vale do Rio Preto