Sapucaia: Deslizamento de terra faz Defesa Civil alertar donos de imóveis no distrito de Jamapará

Agentes da Defesa Civil de Sapucaia estiveram no distrito de Jamapará na segunda-feira (17) para avaliar uma área onde aconteceu um deslizamento de terra durante o último fim de semana.

A situação preocupa as autoridades por ter acontecido próximo ao local da maior tragédia da história da cidade, quando 22 pessoas morreram em janeiro de 2012.

A área onde o barranco cedeu fica no alto de um morro, perto de duas casas, uma igreja e uma oficina. Os imóveis não chegaram a ser atingidos pelo deslizamento.

Por segurança, a Defesa Civil alertou os proprietários para que eles deixem o local em caso de chuva forte, principalmente, quando o temporal acontecer durante a noite.

Tragédia em Jamapará
Há oito anos, 22 pessoas morreram soterradas em um deslizamento de mais de 30 toneladas de terra e rochas que soterrou casas e se tornou o episódio mais triste da história de Sapucaia. Na época, cerca de 50 casas foram interditadas pela Defesa Civil e 263 pessoas ficaram desabrigadas. Atualmente, os imóveis que ficavam no local onde a tragédia aconteceu continuam interditados.

Fonte: G1