São José: Decreto de fechamento do comércio segue até domingo dia 29; prefeito ainda vai decidir sobre a reabertura ou não

O prefeito de São José do Vale do Rio Preto, Gilberto Esteves, disse nesta quinta-feira dia 26, que o Decreto que trata sobre o fechamento do comércio na cidade, segue mantido até o próximo domingo dia 29, podendo não ser mantida sua manutenção, porém, somente até na segunda-feira que uma decisão deverá ser tomada. Onde caso a prefeitura edite um novo decreto, continuará mantida a medida de fechamento do comércio. E caso a municipalidade decida por não editar, o comércio voltará à sua normalidade, liberando todos os estabelecimentos que seguiam fechados por não estarem enquadrados como essenciais.

Atualmente, seguem proibido de abrir, os seguintes setores:

  • Shoppings;
  • Galeria de lojas;
  • Bares;
  • Restaurantes;
  • Lanchonetes;
  • Salões de cabeleireiro;
  • Barbearias;
  • Manicures;
  • Academias de ginástica; e
  • Respectivos congêneres para todos esses setores do varejo.

Os únicos estabelecimentos que podem ficar abertos durante a validade do decreto municipal, são os setores de produtos essenciais, como:

  • Mercados;
  • Mercearias;
  • Açougues;
  • Peixarias;
  • Padaria;
  • Farmácias;
  • Lojas de produtos hospitalares;
  • Lojas de ração e produtos veterinários;
  • Clínicas veterinárias;
  • Postos de combustíveis;
  • Distribuidoras de água e gás de cozinha;
  • Oficinas mecânicas;
  • Borracharias;
  • Serviços de saúde, como clínicas ou laboratórios; e
  • Casa lotérica.

O prefeito também citou que, com o novo posicionamento do Governo Estadual, de incluir no Decreto Estadual o setor aviário, as lojas que vendem frango assado, inteiro ou em pedaços, já poderão reabrir. Segundo Gilberto, é uma notícia importante para os avicultores, produtores de frango e empresários que sobrevivem desse seguimento, que é o caso da maioria na região. A economia local vai poder receber um fôlego a mais com essa nova medida do Estado.

Imagem: Patrícia Pedrosa

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.