Petrópolis: Deputado Federal retira manilha colocada para impedir acesso a Petrópolis pelo Carangola

Um dia depois de a Prefeitura anunciar a colocação de manilhas em 10 entradas secundárias de Petrópolis, a para evitar que pessoas de fora do município driblem as barreiras sanitárias montadas nas principais entradas da cidade em função do coronavírus, o deputado federal Daniel Silveira, ao lado do advogado Octávio Sampaio, fundador do partido Aliança pelo Brasil, criado pelo presidente Jair Bolsonaro, montou uma verdadeira operação para retirar as peças e liberar a passagem em um dos pontos, na entrada do Carangola. Vídeo postado nas redes sociais na noite deste sábado mostra quando, junto a outras pessoas, eles usam um carro para puxar uma das manilhas, com correntes. Em suas redes, o advogado anunciou que entrou com mandado de segurança pedindo à Justiça que a Prefeitura seja obrigada a retirar todas as barreiras.

Ao falar sobre a ação judicial, Octávio Sampaio afirmou que a decisão de fechar as entradas secundárias é inconstitucional. “Estamos pedindo ao Judiciário que todas as manilhas sejam retiradas aqui em Petrópolis, para que o petropolitano possa passar por esses locais, tornando nulo um ato inconstitucional do prefeito, que acha que está acima da lei”, afirmou, ao lado do deputado federal Daniel Silveira, que frisa em vários momentos que apenas o Governo Federal pode fechar acessos, ainda assim em casos específicos previstos em lei.

A decisão de fechar os acessos secundários foi anunciada na sexta-feira, como ampliação das medidas de controle sanitário em Petrópolis. Com a instalação de barreiras físicas em 10 entradas da cidade, a Prefeitura tenta forçar que veículos vindos de outros municípios passem pelo controle implementado nos pórticos do Quitandinha e do Bingen, no Alto da Serra e no Trevo de Bonsucesso, onde os motoristas e passageiros são abordados sobre a origem, destino e motivo da viagem e o estado de saúde.

A maior preocupação é evitar um aumento descontrolado do número de casos de Covid-19 na cidade, o que dificultaria o atendimento aos pacientes e, consequentemente, geraria um maior número de vítimas fatais da doença. 

As manilhas foram instaladas nas ruas Nicarágua (Quitandinha) – próximo à Casa do Alemão; Luiz Winter (Duarte da Silveira); Rua Emídio Tavares, no Carangola (localidade conhecida como Rio da Cidade); e Galdino Pimentel (Capela) e um acesso paralelo em Bonsucesso. Também foram anunciadas barreiras físicas na entrada da Mosela, Moinho Preto, Barra Mansa, Arranha-Céu, Catobira e Castelo Itaipava.

A Prefeitura também anunciou na sexta-feira que vai estender até o dia 15 às medidas de restrição de circulação, impostas para tentar frear a disseminação do coronavírus. Isso inclui fechamento de escolas e também do comércio. Apesar dos esforços, as autoridades vem encontrando dificuldades para convencer muitas pessoas a se manterem em isolamento.

Fonte: Tribuna de Petrópolis

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.