São José: Prefeito fala sobre várias ações; verbas federais, obras da UBS e muito mais

O prefeito de São José do Vale do Rio Preto, Gilberto Esteves, concedeu uma entrevista na manhã desta terça-feira dia 02, onde falou sobre vários assuntos relacionados às medidas de prevenção e enfrentamento da covid-19 no município, além das obras em andamento, bem como várias ações do governo.

Decreto municipal prorrogado até 08 de junho

O chefe do Executivo iniciou a entrevista falando a respeito da nova edição do decreto municipal, relacionado à manutenção da suspensão do comercio local, e a liberação dos serviços essenciais, que já estavam sendo praticados desde a última publicação.

O destaque do decreto fica pela flexibilização, já editada no decreto anterior, mas que contempla novamente, todos os serviços do comercio local, para atendimento via delivery. Ou seja, todos os comerciantes, mesmo os que não são considerados essenciais, podem oferecer serviços, desde que atuem apenas com o atendimento via delivery, tendo a possibilidade do próprio cliente fazer a retirada do pedido no local, além da empresa poder fazer a entrega na residência do cliente.

Sobre a situação dos bares, o consumo no local segue proibido, seguindo as mesmas medidas adotadas para restaurantes e lanchonetes. Já para igrejas, academias e escolas, também seguem com suspensão das atividades. O novo decreto segue válido até o próximo dia 08 de junho.

Números da covid-19 em São José

A respeito dos números da covid-19 registrados no município, o prefeito disse que o aumento está relacionado somente à testagem. Segundo Gilberto, o que ele destaca, é a questão dos óbitos registrados em São José. O prefeito cita que os números estão estagnados, e que os seis atuais, podem chegar a oito, por conta de dois casos suspeitos que ainda estão aguardando resultado do LACEN – Laboratório Central do Rio de Janeiro. Mas que não tem acontecido novos registros de mortalidade em São José.

De acordo com o prefeito, até esta terça-feira, os números somavam 135 notificações. Onde dentre esse quantitativo, 58 já deram negativos, e 06 continuam aguardando o resultado dos exames. Tendo dentre esses casos suspeitos, 02 óbitos em análise.

Do número de casos confirmados, a totalidade é de 71 casos positivos. Dentre esses, são 32 curados, e 27 em isolamento social. Existe apenas 06 pacientes internados, sendo 05 fora do município e apenas 01 em São José. E sobre os óbitos, o registro atual, totaliza 06 casos fatais positivados.

Gilberto afirmou que a Secretaria Municipal de Saúde vem acompanhando esses pacientes que são declarados como positivos. E que após os 14 dias de isolamento, não existe um protocolo exigindo a um novo monitoramento. Podendo esses pacientes serem liberados das medidas de restrição.

Situação dos atendimentos no HMST

Uma dúvida apontada, é sobre a questão da vacinação de crianças ou pessoas que precisem tomar alguma dose ou atualizar a caderneta de vacinação. Gilberto disse que o local para aplicação da vacina, ainda que seja no HMST – Hospital Maternidade Santa Theresinha, bem como do profissional que irá fazer a aplicação das doses, não têm nenhum contato com o setor da covid-19. O prefeito disse que a única exposição ao vírus que o paciente poderia ter a respeito de uma possível contaminação, seria a mesma existente em sua própria residência, ou no salão, bem como no pediatra, enfim, não havendo nenhum problema exclusivo com a unidade hospitalar.

O chefe do Executivo disse que o HMST vem recebendo higienização adequada, tendo todos os profissionais que trabalham na unidade, o acesso aos equipamentos de proteção necessários. Garantindo também a segurança aos frequentadores. Gilberto afirma que a equipe do hospital conseguiu estabelecer um protocolo de segurança muto bom na unidade, onde vem recebendo muitos elogios sobre os trabalhos quem foram aplicados e possibilitaram conduzir muito bem a questão de prevenção.

Perguntado sobre quais bairros teriam registros de casos da covid-19, o prefeito disse que não saberia citar os dados a respeito. Pois ele recebe apenas os números quantitativos de casos e que por ser uma cidade pequena, não há muita diferença em separar por região mais afetada ou não.

Conclusão da UBS de Águas Claras e custos

Sobre o andamento da obra da UBS – Unidade Básica de Saúde de Águas Claras, o prefeito disse que está bem adiantada, e segue a todo vapor. Gilberto disse que a obra era pra estar mais adiantada, mas por conta de alguns problemas no início, citando o “enfretamento” e a “aprovação da verba”, dentre outros, mas que por já estar superado, que a obra segue bem, mesmo sendo uma obra complexa.

O prefeito disse que “não é uma obra que uma empresa pega e faz”. Segundo ele, a empresa precisa terceirizar muita coisa; citando por exemplo, todo o sistema da distribuição de gás, que será feito pela White Martins. Onde a equipe chega ao município nesta semana para iniciar essa etapa da obra.

Por ser um local grande, de quase 400 metros quadrados, o local vai receber uma estrutura, considerada pelo prefeito, como se fosse um novo hospital.

Sobre os valores do custeio da obra, o chefe do Executivo afirmou que durante sua campanha e também em algumas entrevistas, ele afirmou que a obra seria feita com até R$ 200 mil, mas para uma estrutura de Policlínica.

Gilberto destacou que uma estrutura de policlínica não tem gerador de energia, não tem tomadas e fios de 220 volts para instalação de equipamentos de raio x, nem rede de distribuição de gases e oxigênio, e por isso, já que a obra da UBS terá toda uma estrutura mais completa, o motivo desse custo diferenciado.

O prefeito disse que o local praticamente irá receber uma estrutura de um hospital. E que em uma eventual necessidade de haver transferência da unidade hospitalar para um novo local, que a UBS de Águas Claras tem todas as condições de atender como um hospital provisório. Gilberto garantiu que, “com exceção do centro cirúrgico, o resto terá tudo lá”. Destacando que tem certeza que será uma das grandes obras que o seu governo estará entregando para à população.

O chefe do Executivo disse que acredita que em mais 15 dias a obra deverá ser concluída. O local servirá para o primeiro atendimento de pacientes da covid-19. Onde poderá ter internações, com o mínimo de leitos exigidos, que são 12. E que da UBS o paciente só sai para uma transferência relacionada à uma UTI, já que o município não tem demanda para construir uma UTI municipal. Segundo Gilberto, após o período da covid-19, o local servirá para a Policlínica e/ou um Centro de Imagem.

Realização do novo Concurso Público

A respeito de uma nova edição do Concurso Público, que estava previsto para acontecer no início deste ano, Gilberto disse que apesar de estar tudo pronto, como por exemplo, ter a empresa contratada e homologada, que a sua realização é “pouco provável”. Pois, mesmo que a empresa venha publicar o edital, a questão da aglomeração acaba impedindo de dar prosseguimento. Que provavelmente, se acontecer, será somente após os meses de outubro ou novembro.

Verbas dos Governos Federal e Estadual

Sobre a questão das verbas do Governo Federal, que foram repartidas entre todos os Estados e Municípios, São José receberá mais de R$ 2 milhões, em função da covid-19, e que esse montante será para reforçar a condição financeira das prefeituras, onde será pago em até quatro parcelas, servindo como uma medida de socorro aos municípios. E poderá ser utilizada para pagar várias situações, como a compra de insumos ou até mesmo da folha de servidores. Não sendo uma verba exclusiva para ações da covid-19, segundo apontou o prefeito.

De acordo com Gilberto, o município de São José recebeu do Governo Federal, para uso exclusivo em ações da covid-19, o valor de R$ 1 milhão do Governo Estadual e R$ 178 mil do Governo Federal, além da ajuda em materiais, como testes da covid-19.

Vencimento da cota única do IPTU 2020

Na questão do IPTU, o prefeito disse que os carnês já estão disponíveis para pagamento nas agências bancárias locais ou pelo app, além da internet de modo geral. Tendo o vencimento da conta única em 10 de junho, por conta da prorrogação. Podendo haver uma nova medida prorrogativa. Mas até o momento, a data em vigor será essa de 10 de junho para cota única.

Retorno das ações da Secretaria de Obras

Sobre as questões que envolvem a Secretaria de Obras Públicas do município, Gilberto disse que o setor esteve funcionando, apesar de ter ficado um pouco prejudicado, por conta do afastamento de vários servidores, diante do decreto municipal da covid-19. Segundo o prefeito, esses servidores já foram chamados novamente, onde todos retornaram nesta segunda-feira dia 1º. Cada um deles receberá os equipamentos de proteção necessários para trabalharem em seus setores.

O chefe do Executivo disse que vai haver aplicação de saibro e tapa buraco em várias ruas, citando que algumas já receberam essas melhorias nos últimos dias, minimizando o máximo possível a dificuldade dos locais que precisam dessas medidas. A previsão é que dentro de 90 dias todos os locais sejam atendidos.

Sobre a coleta de lixo, o prefeito disse que teve o problema do caminhão coletor que quebrou e que já está resolvido. Onde vai conseguir regularizar a situação o mais rápido possível.

Andamento da nova ETA Dois de Agosto

A respeito da nova ETA – Estação de Tratamento de Água Dois de Agosto, Gilberto disse que está em estágio bastante avançado. Que sua estrutura está estacionada sobre a plataforma, que a casa de química está pronta, e que a ligação dos três módulos, bem como a parte elétrica, também estão prontos. Faltando agora, segundo o prefeito, por a água e iniciar o tratamento. O prefeito disse que a empresa que forneceu o equipamento, vai encaminhar uma equipe para fazer o processo de colocação e funcionamento, além do treinamento da equipe que vai operar a ETA. Gilberto acredita quem em mais 30 dias, a estação deverá estar lançando água para a cidade.

Conclusão das obras da Escola de Barrinha

Já sobre a unidade escolar de Barrinha, a obra está atrasada devido a empresa responsável não ter conseguido entregar dentro do prazo, que estava previsto para ter sido em maio. E acabou por pedir um tempo adicional, em que a prefeitura concedeu. Gilberto espera que até o próximo dia 02 de agosto, possa ver a obra pronta e inaugurada.

Processo Seletivo para contratação de servidores temporários

Sobre a questão do segundo processo seletivo, que estará sendo usado para contratar os servidores que atuarão na UBS de Águas Claras, durante a covid-19, o prefeito disse que conseguiu suprir o quadro de servidores temporários, onde serão contratados enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos. Obedecendo os requisitos do processo, que priorizou a experiência desses profissionais, por conta de“cautela e seriedade no atendimento dos paciente”, que é determinante no salvamento, especialmente na questão envolvendo a covid-19.

Encerrando a entrevista, o prefeito disse que o relacionamento do Executivo com o Legislativo “está maduro”; “que apesar das divergências, está tudo bem”.

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!