Petrópolis: Ainda sem data para liberar, prefeitura anuncia regras para entrada de clientes na cidade

A prefeitura anunciou nesta segunda-feira (6) que vai liberar a entrada controlada de clientes de outros municípios com destino aos polos de moda da Rua Teresa e do Bingen e à rede de hoteleira da cidade. Ainda não há data para a flexibilização das barreiras sanitárias para esses públicos, mas já foram definidas as regras que deverão ser seguidas para conter a disseminação do novo coronavírus. As informações foram divulgadas após reunião nesta segunda entre o prefeito Bernardo Rossi e representantes do polo de moda da Rua Teresa e da rede hoteleira, com a participação de secretários municipais.

Para que tenham o acesso aos polos de moda, os consumidores de outros município deverão agendar previamente a viagem com as lojas. Estas deverão, então, expedir um voucher/convite válido somente para o dia da visita e que serve de autorização para a entrada na cidade. Todos os visitantes deverão passar por uma aferição de temperatura no controle sanitário. Caso haja alguma alteração, a pessoa ou o grupo do qual faz parte não terá a autorização de acesso permitida.

Os visitantes, guias de compra e demais envolvidos no processo devem estar munidos de máscara, usar álcool em gel e seguir todos os protocolos sanitários estabelecidos nos decretos municipais. Os clientes também deverão apresentar o horário para o retorno à cidade de origem, sem direito a hospedagem em Petrópolis. Caso alguma norma seja descumprida, a entrada na cidade será proibida. Todas as equipes de vendas das lojas deverão igualmente seguir os padrões de higienização e segurança nos ambientes.

Já os turistas com destino aos hotéis e pousadas da cidade devem ter sua reserva comprovada. De acordo com o presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Petrópolis, Germano Valente, “os equipamentos hoteleiros estão totalmente preparados para receber os hóspedes, seguindo rigorosos protocolos de segurança de saúde dos colaboradores e hóspedes”.

Segundo a prefeitura, a medida é respaldada por nota técnica da Secretaria de Saúde, além de ações como a testagem em massa da população, os 14 dias da abertura dos serviços e comércios inseridos na última linha e a estabilização da ocupação dos 122 leitos de UTI, que nesta segunda-feira está em 24,59%, bem como dos leitos clínicos, que apresentam 39,29% de ocupação.

O prefeito Bernardo Rossi destacou que medidas adotadas em Petrópolis, como o aumento da testagem da população, do número de leitos de UTI e o direcionamento de duas unidades públicas para o tratamento exclusivo de pessoas com Covid-19, contribuem para que o município adote a flexibilização. No entanto, ele não descarta a possibilidade de decretar lockdown em Petrópolis caso a ocupação de leitos chegue a 80%.

Fonte: Tribuna de Petrópolis

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!