São José: Central da Covid segue aguardando alvará do Estado para ter internações

No início da tarde deste sábado dia 25, conseguimos confirmar a informação de que a Policlínica Municipal, recém-inaugurada pela prefeitura de São José do Vale do Rio Preto, e que está servindo como a Central da Covid-19 no município, na verdade, não pode ainda, receber internações de pacientes com covid.

A informação foi confirmada oficialmente, pela direção do HMST – Hospital Maternidade Santa Theresinha, que apontou a necessidade de ter primeiramente, um alvará emitido pela Vigilância Sanitária do Estado, através da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, o que ainda não foi feito.

A diretora do HMST, Giovana Figueredo, disse que, de acordo com a determinação do Ministério da Saúde, “com a obra da Clínica pronta, acionamos a Vigilância Sanitária Estadual para inspeção e posterior emissão do alvará”.

A diretora aponta ainda que assim que o órgão responsável tiver a documentação pronta e o alvará estiver liberado, “as internações dos pacientes com a Covid-19 serão internados lá”.

Giovana destaca ainda que, “por enquanto, os pacientes permanecem internados no hospital, com equipes distintas dos pacientes internados na demanda da clínica geral”. O que vai contrário a afirmativa recente do prefeito Gilberto Esteves, havia afirmado que todas as internações já estavam sendo feitas na clínica da Covid.

Até que o alvará seja emitido pelo Estado, “a clínica está atendendo toda a demanda da Covid-19, exceto internação”, afirma a diretora.

Giovana destaca que na Policlínica Municipal onde a Central da Covid-19 foi montada, tem “ambulância UTI , equipe para atender os pacientes graves e toda a infraestrutura para estabilizar o paciente, caso ele precise ser internado no hospital”.

A diretora ainda destacou que “toda a documentação está em fase final de elaboração”. Segundo Giovana, “a responsabilidade de inspeção dos leitos de internação está sob o comando do Estado, através da ViSA – Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde”.

Sobre possíveis prazos para ter a liberação do alvará, Giovana não soube resonder.

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!