Coronavírus: Acordo prevê produção de vacina em dezembro

A Fiocruz deve iniciar a produção de uma vacina contra a covid-19 em dezembro. É o que prevê um acordo feito entre o instituto, o Ministério da Saúde e a biofarmacêutica britânica AstraZeneca.

Assinado na sexta-feira (31), o documento garante total domínio tecnológico para que a Bio-Manguinhos, unidade produtora de imunobiológicos, tenha condições de produzir o medicamento de forma independente.

Caso sejam comprovadas a eficácia e a segurança do anti-viral, 100 milhões de doses vão ser produzidas.

De acordo com a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, o acordo reforça o compromisso na luta contra a doença. Em nota, o Ministério da Saúde informou que existe a previsão de um repasse de cerca de R$ 520 milhões na estrutura de Bio-Manguinhos, com o objetivo de ampliar a capacidade da produção do medicamento.

Ainda segundo o órgão, a vacina será distribuída pelo Programa Nacional de Imunização, que atende o Sistema Único de Saúde.

O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca é resultado da cooperação entre os governos brasileiro e britânico. A empresa é a segunda maior farmacêutica do Reino Unido e atua junto a Universidade de Oxford.

A assinatura para o acerto de encomenda tecnológica está prevista para a segunda semana de agosto e deve garantir o acesso a 30 milhões de doses entre dezembro e janeiro de 2021 e mais 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres do próximo ano.

Fonte: BandNews FM

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!