São José: Acidente é registrado na Silveira da Motta

Um acidente foi registrado na tarde deste domingo dia 13, na RJ-134, no trecho da Estrada Silveira da Motta, no bairro do Queirós, em São José do Vale do Rio Preto.

De acordo com populares que estavam no local, um morador próximo da estrada, foi atropelado por um veículo que passava pelo rodovia.

Em contato com a Polícia Militar, do DPO da 2ª CIA do município, fomos informados que um menor de idade na condução de um automóvel, acabou atingindo o popular “Paraíba”, que rpesta serviços de gesseiro na cidade, e que estava perto de seu veículo no acostamento. Ainda segundo informação oficial, a vítima teve fraturas, mas segue com quadro clínico estável, não apresentando nenhuma gravidade.

A vítima ficou caída no chão desde às 16h25, quando recebemos a notificação do acidente, sendo removida somente por volta das 17h05, quando uma equipe do HMST – Hospital Maternidade Santa Theresinha, chegou ao local, devido a ambulância do estar no mesmo momento em outra ocorrência. A vítima foi encaminhada para o HMST, onde a unidade hospitalar estava tentando uma transferência do paciente para outro hospital da região.

A Técnica de Enfermagem Neuza Quintas, que prestou socorro à vitima junto com o motorista Marcos, entrou em contato com nossa redação, informando que foi solicitado uma ambulância do hospital por volta das 16h30, e que às 17h12, o BAM – Boletim de Atendimento Médico, já tinha sido gerado. Um dos funcionários da base do Samu em São José, David Ribeiro, reforçou a informação, apontando que a equipe do Samu estava em outra ocorrência e por isso a demora em prestar atendimento à vítima em questão, mas que a ambulância do HMST foi acionada tão logo tomaram ciência do acidente.

Ainda que o atendimento tenha sido feito pela equipe do hospital, como se sabe, o Samu de São José depende de autorização do Samu de Petrópolis para poder proceder até o local de qualquer incidente para prestar socorro às vítimas. Enquanto não houver a autorização do município vizinho, a equipe local, ainda que queira socorrer o mais rápido possível, não pode sair do posto sem o protocolo de liberação. Uma questão que a municipalidade deve buscar resolver para não haver mais essa dependência de outras cidades para dar atendimento urgente aos seus munícipes.

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!