São José: Denúncia aponta que paciente infectado segue no Hospital, com transferência negada para Central da Covid-19

Durante toda esta semana, vários relatos chegaram até nossa redação, apontando essa problemática, de que pacientes estariam sendo impedidos “por alguém” da Central da Covid-19, no município de São José do vale do Rio Preto, de serem transferidos do HMMST – Hospital Municipal Maternidade Santa Theresinha para a Central de Triagem, que foi criada com esse intuito e tem dezenas de funcionários contratados para atenderem essa demanda.

Na manhã deste domingo dia 18, mais uma denúncia chegou, apontando que um dos pacientes que está no Hospital Municipal, na ala de obstetrícia, segue infectado com o vírus ativo para contaminação. Ou seja, ele está pondo em risco todos os demais pacientes e funcionários do hospital.

Para se ter uma ideia, quando um paciente tem o IGM diagnosticado como positivo para Covid-19, o mesmo tem o poder de infectar e por em risco os demais que estão a sua volta. Já quando o IGG está positivo, o paciente não transmite mais o vírus. No caso desse que está internado no HMMST, o IGM está positivo (reagente) e o IGG negativo (não reagente), ou seja, o paciente está colocando em risco toda a ala hospitalar.

Segundo o conteúdo do BAM – Boletim de Atendimento Médico, o paciente deu entrada no pronto socorro no último dia 15, quinta-feira, internando na sexta dia 16. E segue internado no hospital mesmo com os testes tendo dado positivos. Segundo denunciado, existe a negação para ser feita a transferência para a Central da Covid-19.

Conversamos com um dos servidores do HMMST que apontou enorme preocupação de todos na unidade hospitalar, por conta da falta de cuidados da direção com os demais pacientes internados e servidores. O pedido de transferência do paciente foi feito no dia que testou positivo, na sexta dia 16, e segundo a denúncia, os responsáveis pela Central da Covid-19 não aceitaram até o momento, que seja feita a transferência.

Não chegamos tentar contato com a Diretora do Hospital, Giovana Figueiredo, por conta de nas últimas solicitações, ficar bem claro que ela não responde mais a nenhum pedido de informação relacionado a imprensa. Que toda e qualquer solicitação deveria ser direcionada ao Gabinete do Prefeito. Porém, no facebook, diante de uma postagem, a mesma escreveu durante a semana, que nos casos relacionados a Covid-19, “por se tratar de uma doença que ainda não se sabe ao certo seu comportamento, alguns pacientes estão chegando sem sintomas. Além disso, a maioria desses pacientes tem outras comorbidades e precisam ser tratadas. Como o paciente precisa ser tratado como um todo, assim que é detectado a Covid-19, ele é transferido para o Centro de Triagem”. Porém, o paciente testado positivo na sexta-feira, até às 08h deste domingo, seguia sem ser transferido.

Tentamos apenas falar com a Central da Covid-19, localizada no bairro de Águas Claras. Porém, não tivemos sucesso. Caso algum responsável tenha explicações e possa esclarecer os fatos, o espaço segue aberto.

Atualização às 10h: Em contato com nossa redação, a diretora do Centro de Triagem, ficou de nos encaminhar uma nota nesta segunda-feira dia 19, esclarecendo os fatos relacionados a questão do paciente.

Atualização às 18h: Na tarde deste domingo, recebemos a confirmação de que após novos exames, o paciente foi transferido para a CT – Central de Triagem da Covid-19.

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!