Rio de janeiro: Hemorio faz campanha para aumentar doações de sangue

O Hemorio entrou em alerta vermelho depois de registrar uma queda de quase 10% nas doações de sangue em outubro, na comparação ao mesmo mês do ano passado. Foi o menor número de voluntários por dia desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Com isso, a unidade entrou em estágio crítico e precisou acionar medidas de controle, como a convocação de doadores por e-mail e telefone, além da realização de uma nova campanha para reverter a baixa nos estoques e o risco de desabastecimento.

Batizada de Sangue Novo, a campanha incentiva a doação a partir dos 16 anos, idade inicial autorizada a realizar o procedimento, mediante o consentimento dos pais ou responsáveis.

Em média, o Hemorio tem capacidade para receber até 500 doadores por dia, quantidade suficiente para atender toda a rede pública do estado.

Para uma situação regular nos estoques, é necessário que a unidade disponha de pelo menos 300 bolsas de sangue diariamente. Com apenas uma doação, é possível salvar até quatro vidas.

O diretor Geral do Hemorio, Luiz Amorim, lembra que a doação neste momento é fundamental para garantir suporte às principais emergências, maternidades e unidades de saúde do estado. Isso por que, com a retomada das cirurgias eletivas, a necessidade por bolsas de sangue aumenta progressivamente.

Para doar é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar no mínimo 50 quilos, estar bem de saúde e portar um documento de identidade oficial com foto. Não é necessário estar em jejum, apenas evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta.

Aqueles que tiveram covid-19 só podem doar sangue após 30 dias do desaparecimento dos sintomas e apenas se tiverem registrado a forma branda da doença.

O Hemorio fica na Rua Frei Caneca, número 8, no centro da cidade, e funciona todos os dias de semana, das 7h às 18h, inclusive finais de semana e feriados.

Fonte: Agência Brasil

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!