Eleições 2020: Acompanhe as notícias do pleito em São José

Acompanhe em tempo real as novidades do dia do pleito 2020, em que serão escolhidos os representantes para São José do Vale do Rio Preto, pelos próximos 4 anos.

IMPORTANTE: Atualize a página o tempo todo para receber as informações atualizadas.

Por volta das 18h11 painel de resultados do TSE volta a funcionar

O painel de divulgação dos resultados das Eleições 2020 voltou a funcionar às 18h11.

Por volta das 17h50 painel de resultados do TSE sai do ar

Ainda não se sabe o motivo, mas por volta das 17h50, o painel de divulgação dos resultados das Eleições 2020 saiu do ar e até às 18h06 ainda não havia retornado.

Parcial da apuração

Gilberto Esteves segue liderando com 1.970 votos, seguido de Zé Carlos, com 1.470; Dr. Anacleto, 636; e Ivo Pires, 593.

Dos 16.765 votos possíveis, foram apurados 4.939, faltando 11.826.

Prévias das Eleições 2020

Final das Eleições em São José, registro de grande movimentação na Praça João Werneck.

Momentos finais das Eleições 2020

Faltam poucos minutos para encerrar a votação desta eleição municipal e as seções eleitorais em São José mantém tranquilidade. Em colégios do centro do cidade, foi onde o maior número de eleitores procuram as seções de votação. Nos bairros, o registro de maior movimentação, ficou para Jaguara e Contendas. As seções localizadas nos demais bairros tiveram acesso dos eleitores de forma tranquila.

Eleitor que não puder votar tem até 60 dias para justificar

Nas disputas para prefeito e vereador, em que estão em jogo os interesses de quem de fato mora em cada cidade, as normas eleitorais não preveem nenhum tipo de dispensa da presença física do eleitor na localidade em que declara residir. Ou seja, nas eleições municipais não há voto em trânsito.
O voto em trânsito costuma ser lembrado como opção por quem, por motivos diversos, sabe que não vai conseguir comparecer a sua zona eleitoral no dia da votação. Essa modalidade de voto, contudo, somente está disponível nas eleições gerais, para presidente e governador, por exemplo.

Por essa razão, todos que estiverem fora de seu domicílio no dia das eleições municipais deste ano, seja no primeiro turno (15 de novembro) ou no segundo (29 de novembro), têm como única opção justificar sua ausência no prazo de até 60 dias.
Mesmo o brasileiro residente no exterior que consegue se inscrever para votar para presidente, em alguma das sessões montadas a cada quatro anos fora do país, de nenhuma maneira consegue participar das eleições municipais, sendo dispensado inclusive de se justificar.

Confira alternativas para justificar o voto em caso de problemas com e-Título

O eleitor que não estiver conseguindo justificar o voto por causa do problema de instabilidade no aplicativo e-Título, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), terá os próximos 60 dias para fazer a justificativa. Será possível realizá-la pelo site do TSE ou pelo próprio aplicativo, que continuará disponível. Caso isso não seja feito, o eleitor terá de pagar multa de R$ 3,51 por cada turno.Se o eleitor não tiver acesso à internet, é possível justificar o voto pessoalmente em qualquer local de votação apresentando o título de eleitor aos mesários neste domingo.

Pelo computador, os mesários vão registrar o número desse eleitor – não é mais necessário preencher aquela ficha em papel de anos anteriores. A orientação para aqueles que estão fora de seu domicílio eleitoral, no entanto, é para não irem aos locais de votação, evitando, assim, aglomerações. Eleitores que faltam três eleições consecutivas sem justificar ou quitar a multa têm o título de eleitor cancelado. Entre outras punições, fica impedido de obter passaporte, fazer matrícula em instituições públicas de ensino ou ser nomeado em cargos públicos.

Após instabilidades, Barroso pede que eleitores insistam no e-Título

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, reconheceu que o aplicativo e-Título está apresentando instabilidade momentânea, mas disse que isso se deve ao grande volumes de usuários que tentam baixar o aplicativo ‘simultaneamente’ e de ‘última hora’. A área técnica do TSE informou mais cedo que pode haver instabilidade momentânea no uso do aplicativo em razão do excesso de acessos. A Justiça Eleitoral ainda lembrou que, para justificar o voto, é necessário estar fora do domicílio eleitoral e o aplicativo faz a verificação por georreferenciamento. Além do aplicativo, a Justiça Eleitoral tem ainda o Tira-Dúvidas Eleitoral, que permite consulta a local de votação e outros serviços.

PM e Justiça Eleitoral segue de olho nas seções eleitorais

Para fazer cumprir dentro da ordem a votação do pleito 2020, a Polícia Militar e Justiça Eleitoral, seguem visitando todas as seções de votação do município. Segundo informado, não há até o momento nenhum registro de crime eleitoral.

Seções apresentam maior número pela manhã

Durante o período da manhã, reservado pela Justiça Eleitoral, grande parte dos idosos cumpriram com seu papel de cidadão. Em vários bairros, a informação que se tem é que, a movimentação está tranquila. O maior número de eleitores está sendo registrado mesmo na região central da cidade.

Uma urna tem registro de problemas

Segundo informações, uma urna que estava em Pouso Alegre teve problemas para iniciar. Mas já está funcionando, conforme confirmado.

Movimentação tranquila no Centro da Cidade

Apesar de ser registrado um bom número de pessoas que estão andando na rua sem máscaras, acredita-se que os eleitores estarão colocando as mesmas na hora de entrar nas seções eleitorais, uma vez que sem o uso de máscara é totalmente proibido entrar.

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Rede Info News – Ouça agora!!!