Município do Rio: Mais um caso de vacinação falsa é investigado pela Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio apura mais um caso de procedimento irregular durante a campanha vacinação. Desta vez, o episódio aconteceu no Centro Municipal João Barros Barreto, em Copacabana, na Zona Sul.

Com o aumento no número de registros de problemas durante a imunização, familiares de uma idosa de 85 anos resolveram checar as imagens feitas do momento em que a dose foi aplicada, e perceberam que a seringa estava vazia ou com a quantidade abaixo do recomendado. O caso aconteceu no dia 27 do mês passado.

A técnica de enfermagem que teria realizado o procedimento foi afestada. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, uma sindicância foi aberta para apurar o ocorrido. Por conta da dúvida, o idoso teve a vacina reaplicada.

Nesta quarta-feira (17), a Polícia Civil indiciou por peculato e crime contra a saúde pública a técnica de enfermagem que não aplicou a vacina em um idoso em Niterói, na Região Metropolitana.

A profissional não empurrou o êmbolo, e no vídeo gravado pelos parentes é possível ouvir um dos familiares comentar sobre a rapidez da aplicação da vacina.

Outros dois casos semelhantes foram registrados no Parque Olímpico, na capital fluminense, e em Petrópolis. A Prefeitura do Rio disse que foi um fato isolado e sem indícios de má fé do aplicador. Já a administração do município da Região Serrana afastou a técnico de enfermagem que usou uma seringa vazia na hora de imunizar uma idosa. A Polícia Civil também investiga o caso.

Fonte: Band News FM

Envie denúncias, informações, reclamações, vídeos e fotos para o WhatsApp ou Telegram da Rede Info News (32) 9 9803-5633, e conte para nossa equipe como está a situação do seu bairro ou região.

Rádio Beat FM – Ouça agora!!!